Moção de Solidariedade

O Vereador Professor Célio Lupparelli apresentou na Câmara Municipal Moção de Solidariedade ao Colégio Estadual Professora  Helena Kolody em Cambé, no Paraná, por ter sido alvo de  uma cena de violência levando à morte dois adolescentes.

Um ex- aluno de 21 alunos foi até a direção do Colégio para solicitar documentos, quando fez os disparos. Um a jovem de 17 anos morreu no local e  outro aluno morreu no hospital no dia seguinte.  Logo após, a polícia foi acionada e prendeu o autor dos disparos. O assassino, além da arma usada, levava com ele uma machadinha, carregadores de revólver e um caderno com anotações sobre ataques em escolas, tudo foi apreendido pela polícia.

O momento foi de grande comoção nacional. Afinal, mais uma escola no país foi atacada por um atirador, fato que há poucos anos nunca havia sido noticiado em cidades brasileiras. 

Através da Moção de Solidariedade, o vereador quis se solidarizar com a direção, professores, alunos e responsáveis.  O professor Célio Lupparelli durante 44 anos teve sua vida dedicada ao magistério e atos como este também o chocam:

“Vivi  experiência escolar tanto na área docente, quanto na direção de escolas municipais. Considero inadmissível a violência que temos assistido nas escolas. Sou presidente da Frente Parlamentar para acompanhar e fiscalizar a segurança nas escolas da cidade do Rio de Janeiro e temos realizado audiências públicas com grandes debates sobre o assunto”, disse o Vereador Professor Célio Lupparelli.

Para o vereador, o momento é de união e de amparo àquela comunidade escolar que acaba de sofrer com esta violência. 

“Só se constrói uma Nação forte com Educação”

Professor Célio Lupparelli

Compartilhe este artigo

SIGA CÉLIO LUPPARELLI!

Participe de nossas redes sociais

Fale agora conosco!