Violência contra idosos, NÃO!

Todas as fases da vida são bonitas e importantes. Mas, existe uma delas em que nos tornamos um pouco mais vulneráveis a doenças e até a violência: quando atingimos a terceira idade. 

O dia 15 de Junho é reconhecido como o Dia Mundial da Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa. O reconhecimento feito pela Assembleia das Nações Unidas vem desde 2011.

O abuso ou a violência contra os idosos, na maioria das vezes, acontece dentro da própria casa e pode ter como atores principais ou coadjuvantes os próprios familiares. 

São vários os tipos de violência contra a pessoa idosa: a negligência, o abandono, a violência física, a violência psicológica ou emocional, incluindo violência financeira ou material. 

De acordo com a Agência Brasil, só nos primeiros cinco meses de 2023 o disque 100 do Ministério dos Direitos Humanos e Cidadania, recebeu mais de 47 mil denúncias de violência cometida contra pessoas idosas que apontam para cerca de 282 mil violações de direitos como violência física.

O número destas violações de direitos humanos já é 87% maior do que no mesmo período do ano passado.  

O Vereador Professor Célio Lupparelli se surpreendeu com os altos índices divulgados: “ a terceira idade pode ser bela e produtiva, mas, infelizmente, muitos idosos não contam com o carinho e a compreensão familiar. Há, ainda, os que  sustentam suas famílias, sendo assim responsáveis  pela alimentação e pagamento de aluguéis e contas, sofrendo também com a violência causada pela falta de oportunidades. Precisamos nos engajar em campanhas contra este tipo de violência ou qualquer outra. A humanidade precisa reagir!”

Para enfrentar o tema, o Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania criou a campanha “Junho Violeta”, a campanha irá durar todo o mês de junho.  Algumas peças publicitárias podem ser baixadas na página oficial do Ministério e utilizadas em redes sociais pela população. 

Se você desconfiar de algum tipo de violência contra um idoso, procure orientação ou denuncie!  Disque 100 (Direitos Humanos) ou 190 (Polícia Militar).

O Vereador Professor Célio Lupparelli sempre estará na luta contra qualquer tipo de violência. Participe do mandato! Siga as redes sociais!

Compartilhe este artigo

SIGA CÉLIO LUPPARELLI!

Participe de nossas redes sociais

Fale agora conosco!