Celebração do nosso querido Pedro Ernesto  

O centenário do Palácio Pedro Ernesto foi comemorado com apresentações musicais gratuitas na primeira semana de agosto e com a entrega da medalha Pedro Ernesto às autoridades.

Na primeira semana de agosto, entre os dias 1 e 4, a Cinelândia, no Centro do Rio, recebeu uma série de apresentações gratuitas como parte das comemorações pelos 100 anos do Palácio Pedro Ernesto. E, para marcar o centenário, todas as bandas começaram suas apresentações tocando “Parabéns a você” para a sede da Câmara de Vereadores. 

As atrações, incluíram cantoras do Teatro Municipal, e grupos musicais de instituições como os Fuzileiros Navais, a Guarda Municipal e o Coral dos funcionários da Câmara. Assim como, a participação de escolas de samba e a placa do Quadrilátero Cultural do Rio. As festividades foram encerradas pela bateria da campeã do Carnaval de 2023, a Imperatriz Leopoldinense.

Na terça-feira (1), o espetáculo “Heroínas da Ópera” abre as apresentações. Com Eliara Puggina ao piano, as sopranos Carolina Morel, Eliane Lavigne, Gabriele de Paula, Mariana Gomes, Cintia Fortunato e Loren Vandal brindaram o público carioca com árias de óperas como Carmen, La Traviatta e Porgy and Bess. 

No dia seguinte (2), às 12h30, a Praça Floriano foi ocupada pela Banda Marcial Corpo de Fuzileiros Navais. O desempenho se destacou pela movimentação pelo espaço, formando figuras como o icônico Pão de Açúcar. O coro da Câmara Municipal se apresentou em frente ao Palácio, dando vez, à Banda da Polícia Militar.

A programação do terceiro dia foi em frente à sede do Poder Legislativo, e começou às 12h30 com a Banda Sinfônica do Corpo de Bombeiros, patrimônio Imaterial do Estado do Rio de Janeiro desde 2016, a instituição musical já foi regida por grandes maestros como Villa-Lobos, Isaac Karabtchevsky, e é uma das mais antigas em atividade no Brasil. Em seguida, foi a vez da Banda Sinfônica da Guarda Municipal do Rio de Janeiro retomar as atividades no lado externo, foi do Chorinho ao Maxixe,

passando pelo tradicional Samba carioca e pela MPB, e a Banda do 1º Batalhão de Guardas, do Exército, anteriormente conhecida como Banda do Imperador.

Na sexta-feira (4), as 12h30, aconteceu a primeira apresentação, com os militares da Banda da Força Aérea Brasileira. E às 17h, no entanto, a música voltou ao interior, com um concerto da Orquestra Sinfônica Brasileira, no saguão José do Patrocínio. Ao fim da apresentação, foi inaugurada a placa do Quadrilátero Cultural da Cinelândia, e a Escola de Samba Imperatriz Leopoldinense levou seus surdos, caixas, tamborins e alegria à Praça Floriano.

Instituído pela Lei n° 7.895/2023, o Quadrilátero Cultural da Cinelândia é uma iniciativa com o objetivo de potencializar a revitalização da região, por meio de parcerias entre as instituições situadas em prédios históricos, incluindo o Teatro Municipal e o Cinema Odeon. Participaram do evento o prefeito Eduardo Paes e o governador Claudio Castro.

O Palácio Pedro Ernesto está aberto à visitação do público de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h. Não é necessário agendamento prévio.

Venha Conhecer!

Compartilhe este artigo

SIGA CÉLIO LUPPARELLI!

Participe de nossas redes sociais

Fale agora conosco!